Nossa história

O Centro de Pesquisa em Alimentação Saudável, nome original do CASA, surgiu no período em que a alimentação saudável na prevenção, tratamento e controle das doenças crônicas não transmissíveis (DCNT) estava no auge da discussão no mundo e também no meio acadêmico. Naquela época a nomenclatura DCNT e o significado da alimentação saudável não estavam tão consolidados como passou a ser nos dias atuais. O CASA foi criado com o objetivo de desenvolver atividades de extensão, pesquisa e de ensino, com foco na alimentação saudável no contexto das DCNT.

Imagem2_edited.jpg

Kênia Baiocchi, Marina Ito e Eliane Said foram as fundadoras do CASA

Sobre o contexto da fundação do CASA, a professora Marina Ito nos contou "Nós, professoras da área de nutrição clínica, tradicionalmente atuávamos em ambulatórios e nas enfermarias do Hospital Universitário da UnB, em atendimento a pacientes com hipertensão, diabetes, doenças cardiovasculares, obesidade, entre outras doenças, hoje classificadas no escopo das DCNT".

Considerando que a orientação dietética para DCNT passava pela alimentação saudável e, ainda, compreendendo que os fatores de risco nutricional atuavam muito antes do paciente chegar ao ambiente hospitalar, as atividades do CASA foram iniciadas em 2004, para além dos muros dos hospitais e clínicas, objetivando a orientação de populações saudáveis, mas que muitas vezes já estavam em risco nutricional.

Em 2013, a equipe fundadora do CASA se afastou para assumir novos desafios e a coordenação do projeto passou a ser exercida pela professora Natacha Toral. "Fui conquistada pela possibilidade de contribuir para a promoção da alimentação saudável para diferentes públicos, aliada à oportunidade para aprimorar a formação dos alunos de Nutrição!", declarou Natacha sobre sua chegada. Ao longo dos anos seguintes o CASA continuou desenvolvendo várias ações e materiais educativos, atendendo a demandas externas que chegavam ao Departamento de Nutrição, vindas de escolas, de órgãos públicos e privados, além de demandas também da própria UnB, como a participação nas Semanas Universitárias e ações no Restaurante Universitário. Também foi intensificada divulgação de textos informativos em mídias sociais, levando informação para um público ainda maior.

equipe casa 2de2015.jpg

Natacha Toral (centro) e Raquel Botelho (acima/direita), coordenadora e vice-coordenadora do CASA, junto à equipe de extensionistas de 2015

A partir de 2019 a coordenação do CASA passou a ser exercida pela professora Vivian Gonçalves e contou com  retorno das professoras Kênia Baiocchi e Eliane Said para a equipe, além da chegada do também professor, Leandro Baía. Entre os novos desafios assumidos, estão o resgate da memória e histórico do projeto e a intensificação da divulgação de mensagens científicas sobre alimentação saudável por meio de redes sociais. As atividades junto à comunidade serão preservadas e atualizadas e para isso o CASA conta com uma equipe de seis extensionistas engajadas e motivadas! 

Todas as mensagens veiculadas pela atual equipe do CASA buscam o alinhamento com nossa maior inspiração, o Guia Alimentar Para a População Brasileira e o distanciamento de qualquer conflito de interesse relacionado a empresas produtoras de alimentos ultraprocessados.

Esperamos que as ações do CASA possam contribuir com a promoção à alimentação adequada e saudável junto à população, diversificando ainda mais portfólio dos futuros nutricionistas formados pela UnB.